Carbono Galeria - Em caso de embate, ampare com o confronto - Cadeiras - Rommulo Conceição

Carbono Galeria

Edições contemporâneas

< <

Rommulo Conceição

Salvador, 1968 | Vive e trabalha em Porto Alegre, Brasil.

As instalações, fotografias e objetos criados pelo artista, que também é doutor em geologia, desconstroem noções habituais de função e uso na arquitetura, e nos conteúdos de espaços domésticos ou públicos. Ganhador do prêmio... veja mais

Em caso de embate, ampare com o confronto - Cadeiras
Gravura
Técnica
Impressão em jato de tinta térmica sobre papel vegetal
Dimensões

( A x L)  45 x 33 cm (cada)
Data
2014
Edição
5

Cadeiras, escadas e grades. Esses elementos da arquitetura e do mobiliário são pontos de partida para a série “Em caso de embate, ampare com o confronto”. Os desenhos feitos à mão pelo artista mostram ainda muros de tijolo aparente e azulejos com desenhos geométricos diferentes. Composições que nos levam a uma visualidade moderna, tão presente ainda no imaginário de todos nós. Apesar de modernas, tão atuais. Com seus desenhos e composições em camadas, o artista questiona a atualidade do modernismo na arquitetura e a repetição de sua linguagem.

Mais obras deste artista
  1. Em caso de embate, ampare com o confronto - Escadas
  2. Em caso de embate, ampare com o confronto - Grades
Biografia

Salvador, 1968 | Vive e trabalha em Porto Alegre, Brasil.

As instalações, fotografias e objetos criados pelo artista, que também é doutor em geologia, desconstroem noções habituais de função e uso na arquitetura, e nos conteúdos de espaços domésticos ou públicos. Ganhador do prêmio Funarte de Arte Contemporânea em 2012, Rommulo Conceição também participou da 6ª e 8ª edições da Bienal do Mercosul. Sua obra está presente na coleção do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul Ado Malagoli, do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (MAC-RS), ambos em Porto Alegre; e do Museu de Arte Contemporânea de São Paulo (MAC-USP).

As primeiras exposições individuais e coletivas de Rommulo Conceição ocorrem no fim dos anos 90. No trabalho A materialização da impossibilidade, do ano 2000, Rommulo intervém no elevador da Casa de Cultura Mário Quintana, desenvolvendo oito diferentes estágios de percepção espacial, jogando com mudanças temporais ou noções de peso e volume. Já Quarto-cozinha (2005), Uma  mesa  e  quatro  cadeiras  (2006/07), ou Entre (2011) são exemplos de instalações ou objetos nos quais o artista desafia o senso comum sobre o uso arquitetônico. Algumas vezes, o trabalho do artista desdobra-se também em séries de fotografias que revisitam ou desestruturam espaços como Cronotopo (2004) e Através, cuidadosamente (2013).

A curadora Carla Zaccagnini acredita que os trabalhos de Rommulo “parecem sempre propor uma desfiguração espacial que altera o andamento do tempo. O artista revela, assim, a forma como esses dois métodos humanos de organização do mundo e de suas transformações estão ligados pela percepção e o entendimento que deles temos. Há um jogo de quebra de expectativas que tenciona nossa relação com o real e nos posiciona no meio a uma narrativa que não compreendemos.”

Galerias Representantes
Destaques da Carreira

Imagem da mostra Qualquer Lugar, realizada em 2013, na Casa Triângulo.

A obra SuperCinema (2011), na exposição Instantâneo/Simultâneo, realizada em Porto Alegre.

Vista da exposição Através, Cuidadosamente (2012), selecionada pelo Edital Prêmio Funarte de Arte Contemporânea. Foto: Edouard Fraipont

   
  1. Todas as categorias
       
    1. Todas as categorias
    2. Desenho
    3. Escultura
    4. Fotografia
    5. Gravura
    6. Instalação
    7. Joia
    8. Objeto
    9. Pintura
    10. Relevo de parede
    11. Serigrafia
    12. Vídeo
  2. Artistas A-Z
       
    1. Menor valor
    2. Maior valor
    3. Obras A-Z
    4. Obras Z-A
    5. Artistas A-Z
    6. Artistas Z-A
    7. Maior tamanho
    8. Menor tamanho
  3. Acervo completo
       
    1. Acervo completo
    2. A palavra palavra
    3. A Pegada Pop
    4. Art Rio 2014
    5. ArtRio 2015
    6. Camila Castanho e Gabriel Dib
    7. Cinéticos e Construtivos
    8. Curadoria Agnaldo Farias
    9. Curadoria Paulo Venancio Filho
    10. Dia de doar
    11. Dia dos namorados
    12. Dublê de corpo
    13. Fabiana e Cristian
    14. Instituto Reciclar
    15. Lançamentos
    16. Laura Buchamar e Paulo Rogério
    17. Lembre-se de lembrar
    18. Múltipla de Múltiplos
    19. Myxathesys
    20. Nazareno
    21. O tempo e os tempos
    22. Releituras da natureza-morta
    23. Sp Arte 2014
    24. Sp Arte 2017
    25. SP Arte Foto 2015
    26. Universo
    27. Variações
  4. Visualizar
       
 
  1. Sem título

    Angelo Venosa

    Escultura

    Técnica acrílico

    ( A x L x P)  26 x 33 x 25 cm
    Data 2013
    Edição 30

  2. Sem título

    Artur Lescher

    Escultura

    Técnica porcelana e couro

    ( A x L x P)  60 x 6 x 25 cm
    Data 2013
    Edição 30

  3. Sem título

    Carlos Vergara

    Fotografia

    Técnica impressão sobre placas de poliestireno recortadas e montadas

    ( A x L)  63 x 65 cm
    Data 2013
    Edição 10

  4. Sem título

    Iole de Freitas

    Escultura

    Técnica aço inox e policarbonato

    ( A x L x P)  70 x 35 x 20 cm
    Data 2013
    Edição 10