Carbono Galeria - Em suas mãos - José Bechara

Carbono Galeria

Edições contemporâneas

< <

José Bechara

Rio de Janeiro, 1957 | Vive e trabalha no Rio de Janeiro.

 

José Bechara inicia seus estudos de pintura em 1987, na Escola de Artes Visuais (EAV) do Parque Lage. Artista posterior à chamada Geração 80, abandona a tela e passa... veja mais

Em suas mãos
Escultura
Técnica
alumínio fundido e madeira
Dimensões

( A x L x P)  9 x 9 x 9 cm (1 unidade em alumínio)
( A x L x P)  7 x 7 x 7 cm (2 unidades em alumínio)
( A x L x P)  3 x 3 x 3 cm (3 unidades em alumínio)
( A x L x P)  2 x 2 x 2 cm (3 unidades em alumínio e 1 em madeira jacarandá)
Data
2017
Edição
15 + 5 PA

Em suas mãos é um múltiplo produzido em alumínio fundido e madeira Jacarandá que deriva de um conjunto de esculturas-desenhos chamado Esculturas gráficas.

A obra oferece uma relação próxima com o observador e deixa-se manipular e transformar por suas mãos, assumindo ser o que este deseja que seja, característica comum ao percurso escultórico do artista, onde a livre manipulação das peças está presente – sejam elas de dimensões reduzidas como a do múltilpo, seja em grande escala.

A obra vem acompanhada de certificado de autenticidade numerado e assinado pelo artista.

 

Biografia

Rio de Janeiro, 1957 | Vive e trabalha no Rio de Janeiro.

 

José Bechara inicia seus estudos de pintura em 1987, na Escola de Artes Visuais (EAV) do Parque Lage. Artista posterior à chamada Geração 80, abandona a tela e passa a explorar o processo de oxidação de metais, principalmente sobre lonas de caminhões usadas. A pesquisa experimental, aprofundada ao longo da década seguinte, consagra o artista como um dos principais nomes da Geração 90.

Em 1992, começa suas experimentações com distintos suportes e técnicas e, no mesmo ano, realiza sua primeira exposição individual, no Rio de Janeiro. Em suas pesquisas no campo pictórico, Bechara chega às lonas de caminhões – usadas, marcadas e manchadas por mercadorias, pela estrada, pelo tempo. Não usa pigmentos de cor ou pincéis (materiais da pintura dita tradicional), mas “pinta” por meio do processo de oxidação de metais sobre a lona.

Nos anos 2000, a obra de Bechara também assume qualidades escultóricas, em trabalhos como A Casa (2002), em que móveis e objetos de uma residência saltam pelas janelas da casa. Incorporada ao repertório plástico do artista, a forma da casa (e de seus objetos) aparece em instalações e esculturas de pequena escala ao longo dos anos 2000 (Série Open House).

Entre as principais exposições de Bechara estão a 25ª Bienal de São Paulo, 29ª Panorama da Arte Brasileira, a 5ª Bienal do Mercosul e a Trienal de Arquitetura de Lisboa de 2011. Realizou exposições individuais no MAM Rio de Janeiro - BR, no Instituto Tomie Ohtake - BR, Ludwig Museum (Koblenz)–DE, Fundação Calouste Gulbenkian–PT; Es Baluard Museu d’Art Modern i Contemporani de Palma–ES; MAC Paraná–BR; MAM Bahia–BR; MAC Niterói–BR; ASU Art Museum–USA; Museu Brasileiro da Escultura (MuBE)-BR, Pinacoteca do Estado de São Paulo–BR, entre outras. Em 2017, ano que completou 60 anos, o artista apresentou a individual "Fluxo Bruto" no MAM - RJ.

Galerias Representantes
Destaques da Carreira

Alva com 8 cabeças, 2010 (da série Esculturas Gráficas) | Vista da escultura montada na exposição “Ponto de equilíbrio” no Instituto Tomie Ohtake, São Paulo | Foto: Everton Ballardin

Vista parcial da exposição “Repertório para aproximação de suspensos” no Instituto Tomie Ohtake, São Paulo | 2013 |Foto: Rômulo Fialdini

Full, 2010 (da série Esculturas Gráficas) | Vista da exposição “Full” na Galeria Marília Razuk, São Paulo | Foto: Everton Ballardin

Vista da exposição "Fluxo bruto", 2017 | MAM Rio de Janeiro

   
  1. Todas as categorias
       
    1. Todas as categorias
    2. Carbono Voucher
    3. Desenho
    4. Escultura
    5. Fotografia
    6. Gravura
    7. Instalação
    8. Joia
    9. Objeto
    10. Pintura
    11. Relevo de parede
    12. Serigrafia
    13. Vídeo
  2. Artistas A-Z
       
    1. Menor valor
    2. Maior valor
    3. Obras A-Z
    4. Obras Z-A
    5. Artistas A-Z
    6. Artistas Z-A
    7. Maior tamanho
    8. Menor tamanho
  3. Acervo completo
       
    1. Acervo completo
    2. A palavra palavra
    3. A Pegada Pop
    4. Américas Amigas
    5. Art Rio 2014
    6. ArtRio 2015
    7. Cinéticos e Construtivos
    8. Curadoria Agnaldo Farias
    9. Curadoria Daniel Rangel
    10. Curadoria Maria Montero
    11. Curadoria Paulo Miyada
    12. Curadoria Paulo Venancio Filho
    13. Dia de doar
    14. Dia dos namorados
    15. Dublê de corpo
    16. Instituto Reciclar
    17. Lançamentos
    18. Lembre-se de lembrar
    19. Múltipla de Múltiplos
    20. Múltiplos Pivô
    21. Myxathesys
    22. Nazareno
    23. O importante, minha filha, é nunca tirar a mão do barro
    24. O tempo e os tempos
    25. PALAVRA-COISA
    26. Releituras da natureza-morta
    27. Sp Arte 2014
    28. Sp Arte 2017
    29. SP Arte Foto 2015
    30. Tão diferentes, tão atraentes
    31. Universo
    32. Variações
  4. Visualizar
       
 
  1. Sem título

    Angelo Venosa

    Escultura

    Técnica acrílico

    ( A x L x P)  26 x 33 x 25 cm
    Data 2013
    Edição 30

  2. Sem título

    Artur Lescher

    Escultura

    Técnica porcelana e couro

    ( A x L x P)  60 x 6 x 25 cm
    Data 2013
    Edição 30

  3. Sem título

    Carlos Vergara

    Fotografia

    Técnica impressão sobre placas de poliestireno recortadas e montadas

    ( A x L)  63 x 65 cm
    Data 2013
    Edição 10

  4. Sem título

    Iole de Freitas

    Escultura

    Técnica aço inox e policarbonato

    ( A x L x P)  70 x 35 x 20 cm
    Data 2013
    Edição 10