Carbono Galeria - Mentiras - Alexandre da Cunha

Carbono Galeria

Edições contemporâneas

< <

Alexandre da Cunha

Rio de Janeiro, 1969 | Vive e trabalha em Londres, Inglaterra

Contrapondo e mesclando materiais, e através do estabelecimento de diálogos entre eles, repertórios e objetos de diferentes origens e destinados a diferentes usos, o artista opera de forma... veja mais

Mentiras
Escultura
Técnica
assadeira, descanso de panela
Dimensões

( A x L x P)  74 x 40 x 5 cm
Data
2017
Edição
25 + 5PA

Com 100% da renda destinada ao Pivô, a escultura, ou relevo de parede, Mentiras consiste em uma “assadeira” de alumínio encontrada pelo artista em uma loja de material de cozinha industrial. O objeto recebe um recorte circular no mesmo diâmetro do segundo elemento que compõe a obra, um “descanso de panela”, também em alumínio, que se instala apoiado sobre a assadeira, na parede. Cada exemplar apresenta o vazado em diferentes posições, conferindo um caráter único ao múltiplo.

 

A obra é numerada e assinada e vem acompanhada de certificado de autenticidade.

Biografia

Rio de Janeiro, 1969 | Vive e trabalha em Londres, Inglaterra

Contrapondo e mesclando materiais, e através do estabelecimento de diálogos entre eles, repertórios e objetos de diferentes origens e destinados a diferentes usos, o artista opera de forma crítica dentro de uma escala de valores que une cultura brasileira pop e modernismo, artes decorativas e cultura pop britânico. A busca de Da Cunha para a elegância modernista envolve o uso de materiais comuns que fazem alusão à proximidade da arte e da vida cotidiana. Não é raro que, numa exposição sua, encontremos referências a fontes tão diversas quanto a abstração geométrica, as artes aplicadas, o design, a arquitetura moderna brasileira, Constantin Brancusi e a arte povera italiana.

Dentre suas mais recentes exposições, há destaque para as individuais: Boom, Pivô, São Paulo (2017); Mornings, Office Baroque, Bruxelas (2017); Free Fall, Thomas Dane Gallery, Londres (2016); Amazons, CRG Gallert, Nova York (2015); Real, Galeria Luisa Strina, São Paulo (2015);Contratempo, Sommer & Kohl, Berlim (2013); Le Grand Café, Centre d’art Contemporain, Saint Nazaire (2012). Da Cunha recentemente instalou dos trabalhos de arte pública: o primeiro comissionado pelo MCA Chicago, parte do Plaza Project, e o segundo pelo Rochaverá Corporate Towers em São Paulo.

E suas mais recentes exposições em grupo incluem: Soft Power, The Institute of Contemporary Art, Boston (2016); Brazil, Beleza?! Contemporary Brazilian Sculpture, Museum Beelden aan Zee, Haia (2016); Cámara de Maravillas, MAMM Museo de Arte Moderno, Medellin (2016) e Centro de la Imágen, Cidade do México (2015); British Art Show 8, Leeds Art Gallery, Leeds (2015); Cruzamentos Contemporary Art in Brazil, Wexner Center for the Arts, Columbus (2014); When Attitudes Became Form Become Attitudes, Museum of Contemporary Art Detroit (2013); Decorum: Tapis et tapisseres d’artistes, Musée d’art Moderne de la Ville de Paris (2013); 30a Bienal de São Paulo(2012).

Suas obras fazem parte de importantes coleções pelo mundo, tais como: Tate Modern, Inglaterra; Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte, Brasil; Centro de Arte Contemporânea Inhotim, Brumadinho, Brasil; CIFO Coleção Cisneros, Miami, EUA; Coleção Zabludowicz , Inglaterra; Pinacoteca do Estado de São Paulo, Brasil.

Galerias Representantes
Destaques da Carreira

Vista da instalação Landmark II | 30ª Bienal de São Paulo | 2012 | Foto: Edouard Fraipont

Boom | Pivô | 2017 | Foto: Edouard Fraipont

FULL CATASTROPHE | Thomas Dane Gallery, Londres | 2012

   
  1. Todas as categorias
       
    1. Todas as categorias
    2. Carbono Voucher
    3. Desenho
    4. Escultura
    5. Fotografia
    6. Gravura
    7. Instalação
    8. Joia
    9. Objeto
    10. Pintura
    11. Relevo de parede
    12. Serigrafia
    13. Vídeo
  2. Artistas A-Z
       
    1. Menor valor
    2. Maior valor
    3. Obras A-Z
    4. Obras Z-A
    5. Artistas A-Z
    6. Artistas Z-A
    7. Maior tamanho
    8. Menor tamanho
  3. Acervo completo
       
    1. Acervo completo
    2. A palavra palavra
    3. A Pegada Pop
    4. Américas Amigas
    5. Art Rio 2014
    6. ArtRio 2015
    7. Cinéticos e Construtivos
    8. Curadoria Agnaldo Farias
    9. Curadoria Daniel Rangel
    10. Curadoria Maria Montero
    11. Curadoria Paulo Miyada
    12. Curadoria Paulo Venancio Filho
    13. Dia de doar
    14. Dia dos namorados
    15. Dublê de corpo
    16. Instituto Reciclar
    17. Lançamentos
    18. Lembre-se de lembrar
    19. Múltipla de Múltiplos
    20. Múltiplos Pivô
    21. Myxathesys
    22. Nazareno
    23. O importante, minha filha, é nunca tirar a mão do barro
    24. O tempo e os tempos
    25. PALAVRA-COISA
    26. Releituras da natureza-morta
    27. Sp Arte 2014
    28. Sp Arte 2017
    29. SP Arte Foto 2015
    30. Tão diferentes, tão atraentes
    31. Universo
    32. Variações
  4. Visualizar
       
 
  1. Sem título

    Angelo Venosa

    Escultura

    Técnica acrílico

    ( A x L x P)  26 x 33 x 25 cm
    Data 2013
    Edição 30

  2. Sem título

    Artur Lescher

    Escultura

    Técnica porcelana e couro

    ( A x L x P)  60 x 6 x 25 cm
    Data 2013
    Edição 30

  3. Sem título

    Carlos Vergara

    Fotografia

    Técnica impressão sobre placas de poliestireno recortadas e montadas

    ( A x L)  63 x 65 cm
    Data 2013
    Edição 10

  4. Sem título

    Iole de Freitas

    Escultura

    Técnica aço inox e policarbonato

    ( A x L x P)  70 x 35 x 20 cm
    Data 2013
    Edição 10