Carbono Galeria - Sem título - Carlos Vergara

Carbono Galeria

Edições contemporâneas

< <

Carlos Vergara

Carlos Vergara possui uma obra extensa e consistente, que vem produzindo desde os anos sessenta e que lhe conferiu posição de destaque na arte contemporânea brasileira. Participou da 1ª Bienal do Mercosul, das 18ª e 20ª Bienais de São Paulo, da 39ª Bienal de Veneza e sua... veja mais

Sem título
Fotografia
Técnica
impressão sobre placas de poliestireno recortadas e montadas
Dimensões

( A x L)  63 x 65 cm
Data
2013
Edição
10

O múltiplo de Carlos Vergara, criado com exclusividade para a Carbono Galeria, é composto de fotografias recortadas e impressas sobre policarbonato. As imagens, que sugerem formações minerais e vegetais, ao serem recortadas e montadas, criam um relevo de parede com sobreposições geométricas.

Biografia

Carlos Vergara possui uma obra extensa e consistente, que vem produzindo desde os anos sessenta e que lhe conferiu posição de destaque na arte contemporânea brasileira. Participou da 1ª Bienal do Mercosul, das 18ª e 20ª Bienais de São Paulo, da 39ª Bienal de Veneza e sua obra faz parte da coleção do Instituto Inhotim, do MAM - Museu de Arte Moderna de São Paulo, do Museu de Arte Contemporânea de Niterói, entre outras importantes coleções.

Em 1965, participa da exposição Opinião 65, iniciativa dos colecionadores Ceres Franco e Jean Boghici, que une as obras mais emblemáticas do momento, contando com artistas como Waldemar Cordeiro e Hélio Oiticica. Junto a este último, engendra a não menos importante Nova Objetividade Brasileira, mostra que se projeta em caráter de manifesto e coloca as propostas de Vergara ao lado de outros artistas de vanguarda como Antonio Dias, Lygia Clark e Anna Maria Maiolino.

Inicialmente influenciado pela arte pop e o expressionismo abstrato, este último devido à sua proximidade com Iberê Camargo, Carlos Vergara produz à época pinturas figurativas com grafismos e cores primárias. Durante os anos setenta, e diante das condições políticas do país, sua obra começa a enveredar por outros caminhos. Nessa ocasião, o artista abre mão de uma exposição individual no MAM do Rio de Janeiro e convida outros artistas a participarem da mostra, tornando-a coletiva. Realiza murais e painéis em parceria com arquitetos em vários países e ganha prêmios por esses trabalhos, com técnicas artesanais brasileiras. É também nessa época que desenvolve trabalhos com a temática do carnaval, nos quais interfere sobre fotografias.

Durante os anos oitenta, o artista volta-se novamente à pintura, abandona o figurativismo e realiza diversas exposições no Brasil e no exterior. No fim da década, passa a utilizar-se de pigmentos naturais e minérios, pesquisa em que se aprofunda nos anos noventa, culminando em séries de gravuras como a premiada Pantanal, além de monotipias e telas. Em 2003, realiza uma grande retrospectiva itinerante com curadoria de Paulo Sérgio Duarte.

 

Galerias Representantes
Destaques da Carreira

O painel Todas as horas, obra de grande formato de Carlos Vargara, foi elaborada para o Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre – RS, em 2001.

Vista da instalação criada para a exposição Liberdade, em 2012, apresentada na Estação Pinacoteca em São Paulo. Foto: Romulo Fialdini

A série Cacique Ramos, de 1972, ganhou o Prêmio Marcantonio Vilaça em 2013 e faz parte da coleção do Museu de Arte Moderna da Rio de Janeiro – MAM RJ.

   
Bibliografia
Titulo Carlos Vergara: Pinturas
Autor Paulo Sergio Duarte (org.)
Editora Automática Edições
Páginas 264
Titulo Huzun
Autor Luiz Camillo Osorio
Editora Contra Capa
Páginas 144
  1. Todas as categorias
       
    1. Todas as categorias
    2. Carbono Voucher
    3. Desenho
    4. Escultura
    5. Fotografia
    6. Gravura
    7. Instalação
    8. Joia
    9. Objeto
    10. Pintura
    11. Relevo de parede
    12. Serigrafia
    13. Vídeo
  2. Artistas A-Z
       
    1. Menor valor
    2. Maior valor
    3. Obras A-Z
    4. Obras Z-A
    5. Artistas A-Z
    6. Artistas Z-A
    7. Maior tamanho
    8. Menor tamanho
  3. Acervo completo
       
    1. Acervo completo
    2. A palavra palavra
    3. A Pegada Pop
    4. Américas Amigas
    5. Art Rio 2014
    6. ArtRio 2015
    7. Cinéticos e Construtivos
    8. Curadoria Agnaldo Farias
    9. Curadoria Daniel Rangel
    10. Curadoria Maria Montero
    11. Curadoria Paulo Miyada
    12. Curadoria Paulo Venancio Filho
    13. Dia de doar
    14. Dia dos namorados
    15. Dublê de corpo
    16. Instituto Reciclar
    17. Lançamentos
    18. Lembre-se de lembrar
    19. Lista de Casamento Ana e Ben
    20. Lista de Casamento Ana Luiza e Luiz Fernando
    21. Lista de Casamento Julia e Renato
    22. Múltipla de Múltiplos
    23. Múltiplos Pivô
    24. Myxathesys
    25. Nazareno
    26. O importante, minha filha, é nunca tirar a mão do barro
    27. O tempo e os tempos
    28. PALAVRA-COISA
    29. Releituras da natureza-morta
    30. Sp Arte 2014
    31. Sp Arte 2017
    32. SP Arte Foto 2015
    33. Tão diferentes, tão atraentes
    34. Universo
    35. Variações
  4. Visualizar
       
 
  1. Sem título

    Angelo Venosa

    Escultura

    Técnica acrílico

    ( A x L x P)  26 x 33 x 25 cm
    Data 2013
    Edição 30

  2. Sem título

    Artur Lescher

    Escultura

    Técnica porcelana e couro

    ( A x L x P)  60 x 6 x 25 cm
    Data 2013
    Edição 30

  3. Sem título

    Carlos Vergara

    Fotografia

    Técnica impressão sobre placas de poliestireno recortadas e montadas

    ( A x L)  63 x 65 cm
    Data 2013
    Edição 10

  4. Sem título

    Iole de Freitas

    Escultura

    Técnica aço inox e policarbonato

    ( A x L x P)  70 x 35 x 20 cm
    Data 2013
    Edição 10