Carbono Galeria - Zero Hora - Laura Vinci

Carbono Galeria

Edições contemporâneas

< <

Laura Vinci

São Paulo, 1962 | Trabalha em São Paulo, Brasil.  

Iniciando sua produção nos anos 1980, a artista volta seu interesse ao espaço e suas configurações. Apesar de utilizar materiais diferentes ao longo de sua produção, estes materiais acabam se relacionando por suas características de... veja mais

Zero Hora
Objeto
Técnica
latão banhado a ouro, vidro e areia
Dimensões

( A x L x P)  6 x 13 x 18 cm
( A x L x P)  5 x 10 x 14 cm
( A x L x P)  4.5 x 8 x 12 cm
Data
2016
Edição
10 + 2PA (cada tamanho)

Zero Hora sintetiza a trajetória marcante da artista, onde o tempo, o espaço, os sentimentos, os materiais e a poesia são os principais “objetos” de questionamentos e indagações. 

A obra, apesar de ter a forma inspirada em uma ampulheta, simboliza o “não tempo”, o tempo que passa tão rápido que tem que ser curtido a cada segundo. Laura comenta sobre seu trabalho e resume a obra em uma frase: “Não sabia que a vida passava tão rápido”.

Feita com latão banhada a ouro, vidro e areia, a obra é apresentada em três tamanhos - P, M e G - com edição de 10 cada.

P 4.5 x 8 x 12 cm - R$ 5.000
M 5 x 10 x 14 cm - R$ 5.400
G 6 x 13 x 18 cm - R$ 5.800

A obra vem acompanhada de certificado de autenticidade assinado pela artista.

Mais obras deste artista
  1. Full Half Hour I, II, III e IV
  2. Laquinha (cor verde)
  3. PIN
  4. Pretinha
  5. Pretinha
  6. Pretinha
  7. três linhas
Biografia

São Paulo, 1962 | Trabalha em São Paulo, Brasil.  

Iniciando sua produção nos anos 1980, a artista volta seu interesse ao espaço e suas configurações. Apesar de utilizar materiais diferentes ao longo de sua produção, estes materiais acabam se relacionando por suas características de cor, materialidade e fluência, ou por serem diferentes estados de uma mesma matéria, como mármore, pó e vidro, ou água, gelo e vapor.

Para a exposição Arte/Cidade III, em 1997, Laura transforma um edifício em uma espécie de ampulheta, ao deixar o pó da decomposição do prédio escapar por um furo em sua laje, fazendo com que ele caísse de uma andar para o outro.

Máquina do mundo, de 2005, ocupa uma sala do Inhotim com pó de mármore extremamente fino e uma espécie de máquina que engendraria esse sistema. Ainda utiliza mármore, maçãs e vidro em Ainda viva; e um piano e vapor em Choro. Todos estes trabalhos tratam da silenciosa passagem do tempo, um tema constante de sua obra que, ao lado de investigações sobre a natureza e os estados da matéria, sedimenta a pesquisa da artista.

A artista participou de importantes exposições coletivas e individuais, entre as quais se destacam a 26ª Bienal de São Paulo, as 2ª, 5ª e 7ª edições da Bienal do Mercosul e a 10ª Bienal Internacional de Cuenca. Sua obra integra coleções da Pinacoteca do Estado de São Paulo, Instituto Inhotim, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo e Palazzo delle Papesse, na Itália.

De acordo com o crítico Paulo Sergio Duarte, “em contato com os seus trabalhos, experimentamos um tempo perdido, não o da memória proustiana, mas aquele que foi sequestrado pela vida contemporânea. Escultora, seu tempo adere à matéria mesmo que esta seja o vapor d’água”.

Galerias Representantes
Destaques da Carreira

Vistas da instalação Clara-clara, no centro de São Paulo para o Edital Arte na Cidade em 2012. Esta obra também foi apresentada na em Melbourne, na Austrália e no Rio de Janeiro. Foto: Inês Bonduki.

A instalação Mona Lisa, de 2001, é composta de bacias de vidro, água, tubos de cobre e resistências elétricas. A imagem mostra a obra instalada no Paço das Artes, em São Paulo.

A instalação Máquina do mundo, de 2004, remete ao poema de Carlos Drummond de Andrade, que se refere à máquina como uma espécie de essência da sabedoria metafísica do mundo. (Coleção Inhotim)

   
Bibliografia
Titulo Laura Vinci
Autor Laura Vinci
Editora Artedardo
Páginas 124
Titulo Laura Vinci
Autor Laura Vinci
Editora Edusp
Páginas 184
  1. Todas as categorias
       
    1. Todas as categorias
    2. Carbono Voucher
    3. Desenho
    4. Escultura
    5. Fotografia
    6. Gravura
    7. Instalação
    8. Joia
    9. Objeto
    10. Pintura
    11. Relevo de parede
    12. Serigrafia
    13. Vídeo
  2. Artistas A-Z
       
    1. Menor valor
    2. Maior valor
    3. Obras A-Z
    4. Obras Z-A
    5. Artistas A-Z
    6. Artistas Z-A
    7. Maior tamanho
    8. Menor tamanho
  3. Acervo completo
       
    1. Acervo completo
    2. A palavra palavra
    3. A Pegada Pop
    4. Art Rio 2014
    5. ArtRio 2015
    6. Cinéticos e Construtivos
    7. Curadoria Agnaldo Farias
    8. Curadoria Maria Montero
    9. Curadoria Paulo Venancio Filho
    10. Dia de doar
    11. Dia dos namorados
    12. Dublê de corpo
    13. Instituto Reciclar
    14. Lançamentos
    15. Lembre-se de lembrar
    16. Lista Casamento Caroline Cordeiro e Fernando Rocha
    17. Lista de Casamento Fabiana e Cristian
    18. Lista de casamento Gabriella e Thiago
    19. Múltipla de Múltiplos
    20. Myxathesys
    21. Nazareno
    22. O importante, minha filha, é nunca tirar a mão do barro
    23. O tempo e os tempos
    24. Releituras da natureza-morta
    25. Sp Arte 2014
    26. Sp Arte 2017
    27. SP Arte Foto 2015
    28. Universo
    29. Variações
  4. Visualizar
       
 
  1. Sem título

    Angelo Venosa

    Escultura

    Técnica acrílico

    ( A x L x P)  26 x 33 x 25 cm
    Data 2013
    Edição 30

  2. Sem título

    Artur Lescher

    Escultura

    Técnica porcelana e couro

    ( A x L x P)  60 x 6 x 25 cm
    Data 2013
    Edição 30

  3. Sem título

    Carlos Vergara

    Fotografia

    Técnica impressão sobre placas de poliestireno recortadas e montadas

    ( A x L)  63 x 65 cm
    Data 2013
    Edição 10

  4. Sem título

    Iole de Freitas

    Escultura

    Técnica aço inox e policarbonato

    ( A x L x P)  70 x 35 x 20 cm
    Data 2013
    Edição 10